Sobre o LAPETEC/GIATE

Fundado em 1990, o Laboratório de Produção Tecnológica em Saúde e Enfermagem e o Grupo de Pesquisa Clínica, Tecnologias e Informática em Saúde e Enfermagem está vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (LAPETEC/GIATE), e ao Programa de Mestrado Profissional em Informática em Saúde da Universidade Federal de Santa Catarina.

Desde sua criação o Grupo procurou acompanhar o desenvolvimento científico e tecnológico e atualmente é referência em  atividades de ensino, pesquisa e extensão que envolvem segurança e cultura da segurança do paciente nos mais diversos cenários de cuidado em saúde, bem como, no desenvolvimento da Informática em Saúde no país de forma inovadora e produtiva.

Atualmente, o Grupo ainda foi pioneiro no desenvolvimento do Primeiro Programa de Mestrado Profissional em Informática em Saúde do Brasil. E, neste sentido seus principais objetivos são:

  • Desenvolver estudos sobre as tecnologias educacionais e suas aplicações na Enfermagem e Saúde incorporando estratégias inovadoras de educação a distância, de sistemas instrucionais e de gerenciamento tecnológico da informação pessoal;
  • Desenvolver pesquisas clínicas sobre métodos, processos, técnicas, instrumentos, produtos  e dispositivos tecnológicos do cuidado de enfermagem para a segurança do paciente em terapia intensiva e emergência;
  • Promover a segurança do paciente e a cultura da segurança no cuidado de enfermagem;
  • Desenvolver e avaliar tecnologias inteligentes e persuasivas que permitam a aprendizagem ativa, colaborativa, construtiva e simulada em Enfermagem;
  • Promover a articulação de profissionais, docentes, gestores e alunos que se interessem pelos estudos das tecnologias, da informática em saúde e da teleenfermagem;
  • Promover o desenvolvimento da TelePesquisa como uma área estratégica e produtiva de produção do conhecimento em Enfermagem e de integração coletiva;
  • Promover a articulação entre outros grupos de pesquisa afins com o intuito de desenvolver a pesquisa interdisciplinar e multiprofissional e disseminar os resultados;
  • Planejar e desenvolver estratégias de Telecuidado e TeleEducação priorizando áreas de maior necessidade, ou seja, áreas remotas e de difícil acesso;
  • Participar do desenvolvimento de padrões de informação para a Informática em Enfermagem e a TeleEnfermagem no Brasil;
  • Desenvolver produtos inovadores tecnológicos para a saúde e educação, com ênfase em aplicativos inteligentes;
  • Planejar e desenvolver estudos que envolvam a informática preditiva e a ciência de dados com implementação na prática de saúde e medir os resultados
  • Desenvolver Startups que permitam a visibilidade dos produtos desenvolvidos, articulando a cooperação pública e privada.